subscribe: Posts | Comments | Email

Mais-valias milionárias no Banif

0 comments

Li e não quis acreditar.

Mas sim, o BANIF fez uma informação obrigatória à CMVM e portanto é mesmo verdade.

Como se sabe o BANIF fez uma subscrição pública de capital recentemente a 1 cêntimo por ação. Milhares de investidores subscreveram e pelos vistos alguns Administradores do BANIF também.

Assim, Gonçalo Botelho subscreveu 1 545 113 ações a 1 cêntimo e vendeu-as agora com uma mais-valia de € 3900.

João Paulo Almeida – mais lesto – subscreveu as mesmas 1 545 113 ações mas conseguiu uma mais-valia de € 5600.

José Mouquinho (e mulher), notoriamente mais ambiciosos, subscreveram 12 551 715 ações, tendo-as agora alienado com uma mais-valia de € 36000.

O caso ainda mais misterioso é de Teresa Roque que comprou 3 milhões de ações a 1,2 cêntimos mas, poucos dias depois, vendeu 3 090 227 a 1,1 cêntimos realizando assim uma menos-valia de cerca de € 3000.

Será que estes Administradores de um Banco precisam destas míseras mais-valias para comporem o seu património?

Será que não poderiam fazer – como aliás fez o Presidente da CE Jorge Tomé- um investimento de longo prazo no Banco que, afinal, gerem, dando uma clara nota de alinhamento de interesses ?

 

Leave a Reply