subscribe: Posts | Comments | Email

A Nacionalização do BANIF

1 comment

O BANIF tem vindo a ser levado ao colo pelo Banco de Portugal com um Ministério das Finanças contrariado mas sem melhores alternativas.

Jorge Tomé quis materializar a sus vendetta com a CAIXA ascendendo finalmente a Presidente. Só que as provisões não param de crescer e a rentabilidade do BANIF – apesar das Ilhas – é tão miserável como a demais banca. Acresce a falta da massa crítica.

O Banco de Portugal permite a explosão de todos os prazos e tudo são facilidades para encorajar capital privado.

Que até poderia aparecer se tivesse direitos especiais mas a CMVM – no seu deserto fundamentalista – não permite.

Prevejo – mal de mim – a nacionalização.

Que durma em paz um Homem Bom . Horácio Roque.

  1. o que se passou com o BANIF foi o mesmo, com outra dimensão, do que se passou com os outros, para um leigo como eu…
    Agora, quando que H. R é um bom homem não tenho dúvidas, dúvidas tenho quanto à forma de fazer negócios, passar literalmente imóveis de grande valor para a sua fortuna pessoal sem nada para a sociedade dona dos imóveis, atirar despesas para cima de outras que tem sociedade com o estado…certamente que não é correcto, é só para alguns

Leave a Reply