subscribe: Posts | Comments | Email

Até Tu, Miguel

2 comments

Miguel Sousa Tavares fica a saber hoje. Vai ser despedido do Grupo Impresa no fim deste contrato e além de perder uma choruda compensação financeira mensal, vai deixar de se pavonear pelas páginas do Expresso e antena da SIC. Que seremos nós sem este “achador” profissional?

É uma evolução que não surpreende pois Miguel – sendo um bom escritor – é uma catástrofe ético-jornalística. Ao sábado de manhã atacava furiosamente Rendeiro – o Banqueiro maravilha, à noite celebrava comendo caviar em casa do avô dos seus netos, Ricardo Salgado.

 

Se não for para rir será para chorar.

A crónica de Miguel de 2 de Agosto no Expresso, então, será histórica.

A primeira tese é a de que Ricardo Salgado – o avô dos seus netos – não terá falhado como Banqueiro mas sim vergado pelo peso redistributivo de uma dinastia financeiramente voraz.

 

Comentários para quê?

Mas a segunda tese é ainda mais extraordinária.

Miguel recusa-se a acreditar (acompanhado por milhões de portugueses, julgo eu) que as € 3.5 mil milhões de prejuízos do BES no primeiro semestre sejam reais.

Mas, milhões de portugueses estão atónitos pela desfaçatez. Miguel, pelo contrário, pensa que esses prejuízos no BES só poderiam ser fruto de negras alquimias contabilísticas, orquestradas por uns Auditores ao serviço de interesses obscuros.

Na linguagem de Miguel seriam “uma manobra da reacção”. Só um baixíssimo golpe político – uma canalhice – poderia querer colocar a gestão do avô dos seus netos em tal desatino.

 

O que fará Miguel quando, batendo com a cabeça na parede, acordar para a realidade?

  1. Deveria fazer comentarios semelhantes sobre o Marcelo.

    A “namorada” dele contratou varios filhos de administradores do GES e defende muitos casos do ges e do Bes !!!

    Curiosamente e administradora do BES; membro do conselho de vencimentos do banco e membro da comissao do banco para transaccoes com empresas do GES.

    Como se nao bastasse o facto de passar ferias com o Ricardo, aprovar-lhe o salario a troco de receber mandatos da holding ainda se intitula formalmente administradora INDEPENDENTE – ie sem vinculo com acionistas estrategicos do BES a defender minoritarios.

    Mandei provas para a cmvm e BdP – e nada se fez ….

  2. Na “mouche” 🙂

Leave a Reply