subscribe: Posts | Comments | Email

João Rendeiro novamente absolvido

NEGADA BURLA QUALIFICADA NA PRIVADO FINANCEIRAS/BCP João Rendeiro foi novamente absolvido por acórdão proferido em 05 de Maio último, pelo coletivo de juízes que compõem o Juiz 6 do Juízo Central Criminal de Lisboa no processo em que era acusado pelo MP da prática do crime de burla qualificada. Na acusação, promovida pelos procuradores Hugo Neto e Inês Bonina, o MP defendia que João Rendeiro, juntamente com...

João Rendeiro novamente absolvido
posted on: 07 May 2017 | author: joarendeiro2011

A Supervisão do Banco de Portugal*

*Originalmente publicado a 18 de Julho de 2014.   As recentes dificuldades do GES/BES colocam de novo em equação o papel do Banco de Portugal e, nomeadamente, do seu papel de supervisão. Um artigo de hoje do Wall Street Journal torna a questão incontornável. Portugal foi forçado a entrar num programa de resgate internacional para se manter solvente. BCP, BPN, FINIBANCO, BPP, BANIF e BES tiveram sérios...

A Supervisão do Banco de Portugal*
posted on: 02 March 2017 | author: joarendeiro2011

O BPI e os cús virados para a lua

Sempre tive o maior desprezo por privilegiados que não conquistassem posições de vantagem em mercado e concorrência abertos. Nos que assentaram as suas posições competitivas no “amiguismo”, no “lobismo” e no “excecionalismo” das regras feitas à medida. Enfim, nos cús virados para a lua. Durante muitos anos teve e ainda tem um papel muito importante na banca portuguesa uma ONG chamada “SAM”. Esta...

O BPI e os cús virados para a lua
posted on: 25 April 2016 | author: joarendeiro2011

PERDEU-SE O FAROL DO PS

Realizam-se de hoje a oito dias, a 4 de Outubro, as eleições legislativas de 2015. As sondagens apontam para um claro ascendente da Coligação liderada por Pedro Passos Coelho que poderá chegar mesmo à maioria absoluta. Mas os indecisos são ainda em número muito grande e o resultado estará em aberto até ao final. Por mim a Coligação obterá uma maioria absoluta para governar os próximos quatro anos e eu terei...

PERDEU-SE O FAROL DO PS
posted on: 28 September 2015 | author: joarendeiro2011

BCP : Como o Banco de Portugal forjou a acusação |...

CASO BCP Como o Banco de Portugal forjou a acusação O processo de contra-ordenação montado pelo Banco de Portugal para condenar o BCP e os seus dirigentes é uma página negra na história da Instituição. É o exemplo de como pode a autoridade de supervisão ser, ela própria, a verdadeira infractora, chegando ao extremo de perverter os factos para forjar a acusação e, depois, a condenação. E, acrescente-se,...

posted on: 16 July 2015 | author: joarendeiro2011

BPI à deriva

O movimento tático da Santoro teve pleno êxito e a OPA do CAIXABANK, nesta fase, terminou. Os pequenos acionistas do BPI, como Edgar Ferreira, que tentaram “merger arbitrage” apostando na subida de preço da OPA queimaram-se. Não é a primeira vez. O BPI, dos excelsos Santos Silva e Ulrich, é o campeão mundial da destruição de valor acionista nos últimos 20 anos. Os Ferreira da vida já deviam ter aprendido...

BPI à deriva
posted on: 22 June 2015 | author: joarendeiro2011

Saudações Leoninas

A contratação de JJ pelo Sporting lançou comoção geral no país. E não seria para menos pois se trata da transferência – não do ano – mas seguramente da década. Se vai resultar ou não, o tempo dirá, mas muito provavelmente será ditada por aqueles imponderáveis do futebol que têm a ver com a bola ir ao poste num momento crítico ou o melhor jogador da equipa falhar um penalti no prolongamento. Na...

posted on: 15 June 2015 | author: joarendeiro2011

A Infusão BCP/BPI

Chá de camomila é a nova bebida favorita de Artur e Fernando. Já não bastava uma OPA que lhes arruína todo o projeto histórico do BPI, vem agora Isabel propor uma fusão com o BCP que deixaria o BPI na gestão de Nuno Amado. Mas a verdade é que a fusão não vai acontecer. Desde logo porque LaCaixa não quer e tendo uma minoria de bloqueio nos seus 20% de votos (apesar dos 44% de capital) vai inviabilizar qualquer...

A Infusão BCP/BPI
posted on: 06 March 2015 | author: joarendeiro2011

Quem compra o NOVOBANCO?

A FOSUN por €5,2 mil milhões. Na fábula do “mais capaz”, o “mais desesperado” e o “mais rico”, a FOSUN sairá a ganhar. O Banco de Portugal vai abrir em breve o “data room” sobre o NOVOBANCO imediatamente após a divulgação das suas contas de 2014. Mas o essencial do NOVOBANCO já é conhecido: a situação líquida é superior aos €4,9 mil milhões e o rácio de solvabilidade é superior aos 10%...

Quem compra o NOVOBANCO?
posted on: 16 February 2015 | author: joarendeiro2011

BPI e as ajudas de Estado

O BPI posiciona-se na “pole position” para o que se afigura ser um plano de “asset stripping” do NOVOBANCO. Feito com punhos de renda e linguagem gongórica mas o equivalente à partilha dos bens pilhados numa qualquer guerra medieval. Os bancos pagantes para o Fundo de Resolução quererão o seu lugar à mesa das partilhas. A sua posição de “break-even” estará nas sinergias que obtenham de uma qualquer...

BPI e as ajudas de Estado
posted on: 29 September 2014 | author: joarendeiro2011

« Previous Entries