subscribe: Posts | Comments | Email

Carlos Costa demitiu-se

Carlos Costa, Governador do Banco de Portugal, fica hoje a saber que se demitiu numa carta datada a 30 de março de 2015. Termina de fato em março do próximo ano o mandato de Carlos Costa mas o seu destino ficou traçado na trapalhona gestão do caso GES/BES. A sentença quanto a estas trapalhadas já a deu Carlos Costa – lui même – quando afastou sem dó nem piedade Pedro Duarte Neves da liderança da Supervisão...

Carlos Costa demitiu-se
posted on: 02 October 2014 | author: joarendeiro2011

Vítor Bento e o medo cénico

Vítor Bento e a sua equipa demitiram-se do NOVOBANCO como seria inevitável quando o fluxo de comunicação ficou completamente controlado pelos seus inimigos. Em dois meses como Presidente do NOVOBANCO Vítor Bento deu apenas uma desastrosa e curta entrevista na SIC. Basicamente disse que o país tinha que estar grato por ele ter aceitado aquele papel – logo ele que estava feliz onde estava com tempo e dinheiro para...

Vítor Bento e o medo cénico
posted on: 15 September 2014 | author: joarendeiro2011

KPMG, GES, CMVM E BdP

Está montada a guerra civil entre auditores e Reguladores no caso GES. A KPMG já percebeu que não tem forma de escapar a grave responsabilidade civil no caso GES e vai daí o seu Presidente, em entrevista ao EXPRESSO, deixa um claro aviso à CMVM e ao BdP: ou nos safamos os três saindo em ombros e aclamação, ou vai tudo ao charco. Como primeiro tiro Sikandar Sattar apontou ao elo mais fraco, Pedro Duarte Neves, o...

KPMG, GES, CMVM E BdP
posted on: 07 September 2014 | author: joarendeiro2011

NOVOBANCO e a teoria do ‘Last Fool’

Assisto entre o espantado e o divertido à sucessão de apelos a uma rápida venda do NOVOBANCO. Assim se pronunciou Artur Santos Silva, mais recentemente Carlos Rodrigues (aliás, uma pessoa que admiro) e diz a imprensa, um rol imenso de entidades a começar pelo BdP. Vítor Bento – et pour cause – ainda não se pronunciou porque na verdade, como muito bem sentenciou Pedro Santos Guerreiro, está tramado. Se pedir...

NOVOBANCO e a teoria do ‘Last Fool’
posted on: 03 September 2014 | author: joarendeiro2011

O (não) reembolso dos clientes de retalho do BES/G...

Como foi publicitado, o BdP e a Administração de Vítor Bento andaram no jogo do empurra a ver quem tomava a decisão final sobre o pagamento do papel comercial do GES – ESI, RIOFORTE, ESFG, que foi comercializado nos balcões do BES aos clientes de retalho (não -qualificados, na linguagem da DMIF). O montante total desta comercialização foi de cerca de € 1,1 mil milhões, excluindo bem entendido o montante...

O (não) reembolso dos clientes de retalho do BES/GES
posted on: 16 August 2014 | author: joarendeiro2011

Carlos Costa enganou os portugueses

A extraordinária e histórica divulgação da Ata da reunião do Conselho de Administração de 3 de agosto do Banco de Portugal demonstrou duas coisas. Primeiro que o Banco de Portugal faz pública, seguramente involuntariamente, informação da maior sensibilidade. Num primeiro momento achei esta divulgação tão extraordinária que só poderia ser uma fuga de informação. Mas não, estava errado. O BdP tornou mesmo...

Carlos Costa enganou os portugueses
posted on: 11 August 2014 | author: joarendeiro2011

O Banco de Portugal ataca de novo

Desta feita foi de vez: depois do extermínio dos credores do GES veio o extermínio dos acionistas do BES e dos seus credores subordinados. Pelo meio veio uma grande machadada no mercado de capitais em Portugal e na credibilidade dos outros bancos fazerem aumentos de capital. Já expliquei noutro post que o Banco de Portugal é um problema sistêmico para o sistema financeiro português. A atuação de Carlos Costa, mas...

O Banco de Portugal ataca de novo
posted on: 07 August 2014 | author: joarendeiro2011

Grupo Espírito Santo: Credores Dizimados

As notícias vão de mal a péssimo. Os credores recuperarão 25% dos seus créditos na melhor das hipóteses. Tal como se antecipava, a ESI, a RIOFORTE e a ESFG apresentaram-se à insolvência e coloca-se agora a questão do percentual de recuperação dos credores (“recovery rate”). Numa primeira estimativa de “recovery rate” em post anterior, apontei generosamente para 50% como o percentual de recuperação...

Grupo Espírito Santo: Credores Dizimados
posted on: 28 July 2014 | author: joarendeiro2011

A Supervisão do Banco de Portugal

As recentes dificuldades do GES/BES colocam de novo em equação o papel do Banco de Portugal e, nomeadamente, do seu papel de supervisão. Um artigo de hoje do Wall Street Journal torna a questão incontornável. Portugal foi forçado a entrar num programa de resgate internacional para se manter solvente. BCP, BPN, FINIBANCO, BPP, BANIF e BES tiveram sérios problemas de supervisão. A CGD, Montepio e BPI tiveram que...

A Supervisão do Banco de Portugal
posted on: 18 July 2014 | author: joarendeiro2011

O vírus Chipre e o Banco de Portugal

Desde que os depósitos acima de € 100 000 pagaram a resolução bancaria de dois bancos em Chipre ficou escrito nas estrelas que os mecanismos de resgate na Europa não mais seriam iguais. A Europa, no essencial, iria utilizar o mecanismo de resolução bancaria há muito praticado nos EUA onde a FDIC (equivalente muito mais amplo do FGD) tem amplos poderes de resolução e uma muito eficaz capacidade de...

posted on: 22 May 2013 | author: joarendeiro2011

Next Entries »