subscribe: Posts | Comments | Email

A Supervisão do Banco de Portugal*

*Originalmente publicado a 18 de Julho de 2014.   As recentes dificuldades do GES/BES colocam de novo em equação o papel do Banco de Portugal e, nomeadamente, do seu papel de supervisão. Um artigo de hoje do Wall Street Journal torna a questão incontornável. Portugal foi forçado a entrar num programa de resgate internacional para se manter solvente. BCP, BPN, FINIBANCO, BPP, BANIF e BES tiveram sérios...

A Supervisão do Banco de Portugal*
posted on: 02 March 2017 | author: joarendeiro2011

A NACIONALIZAÇÃO DO NOVOBANCO

A incompetente gestão da venda do NOVOBANCO pelo Banco de Portugal deixa Costa & Centeno numa camisa de sete varas perdendo por ter cão e por não ter. O NOVOBANCO não será vendido nem nacionalizado. Nas tradicionais águas mornas portuguesas será mantido “em resolução” por mais dois anos. Mais um problema adiado. A fortíssima coligação negativa que se organizou contra a venda do NOVOBANCO esteve...

A NACIONALIZAÇÃO DO NOVOBANCO
posted on: 13 January 2017 | author: joarendeiro2011

BCP : Como o Banco de Portugal forjou a acusação |...

CASO BCP Como o Banco de Portugal forjou a acusação O processo de contra-ordenação montado pelo Banco de Portugal para condenar o BCP e os seus dirigentes é uma página negra na história da Instituição. É o exemplo de como pode a autoridade de supervisão ser, ela própria, a verdadeira infractora, chegando ao extremo de perverter os factos para forjar a acusação e, depois, a condenação. E, acrescente-se,...

posted on: 16 July 2015 | author: joarendeiro2011

Carlos Costa, Governador

Mário Draghi indicou, Passos Coelho seguiu e Paulo Portas amochou. Eis a simples história da renovação do mandato de Costa como Governador. De pouco valeram as críticas do CDS na Comissão Parlamentar de Inquérito e o claro desconforto do PS. Manda quem pode, obedece quem deve. Poucos analistas perceberam a dinâmica do que estava em jogo. Passos Coelho sai claramente vitorioso de um duelo chave. Mostra que tem...

Carlos Costa, Governador
posted on: 02 June 2015 | author: joarendeiro2011

Carlos Costa e as sardinhas

A audição de Carlos Costa no parlamento inaugurando a CPI GES/BES fez-me recuar trinta anos ao imaginário do meu início de atividade de jovem aspirante ao Mundo da Finança. Nos idos anos 80 do passado século estava eu a tentar fazer pela vida quando fui recebido pelo então presidente de um banco em vias de privatização, personalidade aliás ex-Ministro das Finanças. Lembro-me de ter feito um grande esforço...

Carlos Costa e as sardinhas
posted on: 19 November 2014 | author: joarendeiro2011

A liberalidade de € 2, 88 mil milhões a Angola

Penso que podemos considerar Angola como o centro mundial das liberalidades. Um local de tão grande gentileza que umas entidades literalmente oferece grandes quantidades de dinheiro a outras, sem razão aparente que não seja uma infinita gratidão. Já conhecíamos a liberalidade com que José Guilherme acarinhou Ricardo Salgado. Mas isto é verdadeiramente “peanuts” comparada com a liberalidade de € 2, 88 mil...

A liberalidade de € 2, 88 mil milhões a Angola
posted on: 22 October 2014 | author: joarendeiro2011

Carlos Costa demitiu-se

Carlos Costa, Governador do Banco de Portugal, fica hoje a saber que se demitiu numa carta datada a 30 de março de 2015. Termina de fato em março do próximo ano o mandato de Carlos Costa mas o seu destino ficou traçado na trapalhona gestão do caso GES/BES. A sentença quanto a estas trapalhadas já a deu Carlos Costa – lui même – quando afastou sem dó nem piedade Pedro Duarte Neves da liderança da Supervisão...

Carlos Costa demitiu-se
posted on: 02 October 2014 | author: joarendeiro2011

Vítor Bento e o medo cénico

Vítor Bento e a sua equipa demitiram-se do NOVOBANCO como seria inevitável quando o fluxo de comunicação ficou completamente controlado pelos seus inimigos. Em dois meses como Presidente do NOVOBANCO Vítor Bento deu apenas uma desastrosa e curta entrevista na SIC. Basicamente disse que o país tinha que estar grato por ele ter aceitado aquele papel – logo ele que estava feliz onde estava com tempo e dinheiro para...

Vítor Bento e o medo cénico
posted on: 15 September 2014 | author: joarendeiro2011

O (não) reembolso dos clientes de retalho do BES/G...

Como foi publicitado, o BdP e a Administração de Vítor Bento andaram no jogo do empurra a ver quem tomava a decisão final sobre o pagamento do papel comercial do GES – ESI, RIOFORTE, ESFG, que foi comercializado nos balcões do BES aos clientes de retalho (não -qualificados, na linguagem da DMIF). O montante total desta comercialização foi de cerca de € 1,1 mil milhões, excluindo bem entendido o montante...

O (não) reembolso dos clientes de retalho do BES/GES
posted on: 16 August 2014 | author: joarendeiro2011

Carlos Costa enganou os portugueses

A extraordinária e histórica divulgação da Ata da reunião do Conselho de Administração de 3 de agosto do Banco de Portugal demonstrou duas coisas. Primeiro que o Banco de Portugal faz pública, seguramente involuntariamente, informação da maior sensibilidade. Num primeiro momento achei esta divulgação tão extraordinária que só poderia ser uma fuga de informação. Mas não, estava errado. O BdP tornou mesmo...

Carlos Costa enganou os portugueses
posted on: 11 August 2014 | author: joarendeiro2011

« Previous Entries