subscribe: Posts | Comments | Email

A “MORTE ASSISTIDA” DE CARLOS COSTA

Carlos Costa, Governador do Banco de Portugal, está num doloroso processo de “morte assistida”. Entendamo-nos, como Governador pois no plano pessoal só desejo vida e saúde. Se Carlos Costa tivesse um modicum de coragem seguiria a sugestão de uma saída pelo próprio pé. Mas não tem porque nunca teve. Escudar-se-á em razões formais, cada vez mais absurdas, para prolongar o seu estertor por mais um ano e...

A “MORTE ASSISTIDA” DE CARLOS COSTA
posted on: 21 February 2019 | author: joarendeiro2011

A Supervisão do Banco de Portugal*

*Originalmente publicado a 18 de Julho de 2014.   As recentes dificuldades do GES/BES colocam de novo em equação o papel do Banco de Portugal e, nomeadamente, do seu papel de supervisão. Um artigo de hoje do Wall Street Journal torna a questão incontornável. Portugal foi forçado a entrar num programa de resgate internacional para se manter solvente. BCP, BPN, FINIBANCO, BPP, BANIF e BES tiveram sérios...

A Supervisão do Banco de Portugal*
posted on: 02 March 2017 | author: joarendeiro2011

A NACIONALIZAÇÃO DO NOVOBANCO

A incompetente gestão da venda do NOVOBANCO pelo Banco de Portugal deixa Costa & Centeno numa camisa de sete varas perdendo por ter cão e por não ter. O NOVOBANCO não será vendido nem nacionalizado. Nas tradicionais águas mornas portuguesas será mantido “em resolução” por mais dois anos. Mais um problema adiado. A fortíssima coligação negativa que se organizou contra a venda do NOVOBANCO esteve...

A NACIONALIZAÇÃO DO NOVOBANCO
posted on: 13 January 2017 | author: joarendeiro2011

BCP : Como o Banco de Portugal forjou a acusação |...

CASO BCP Como o Banco de Portugal forjou a acusação O processo de contra-ordenação montado pelo Banco de Portugal para condenar o BCP e os seus dirigentes é uma página negra na história da Instituição. É o exemplo de como pode a autoridade de supervisão ser, ela própria, a verdadeira infractora, chegando ao extremo de perverter os factos para forjar a acusação e, depois, a condenação. E, acrescente-se,...

posted on: 16 July 2015 | author: joarendeiro2011

Carlos Costa, Governador

Mário Draghi indicou, Passos Coelho seguiu e Paulo Portas amochou. Eis a simples história da renovação do mandato de Costa como Governador. De pouco valeram as críticas do CDS na Comissão Parlamentar de Inquérito e o claro desconforto do PS. Manda quem pode, obedece quem deve. Poucos analistas perceberam a dinâmica do que estava em jogo. Passos Coelho sai claramente vitorioso de um duelo chave. Mostra que tem...

Carlos Costa, Governador
posted on: 02 June 2015 | author: joarendeiro2011

Carlos Costa e as sardinhas

A audição de Carlos Costa no parlamento inaugurando a CPI GES/BES fez-me recuar trinta anos ao imaginário do meu início de atividade de jovem aspirante ao Mundo da Finança. Nos idos anos 80 do passado século estava eu a tentar fazer pela vida quando fui recebido pelo então presidente de um banco em vias de privatização, personalidade aliás ex-Ministro das Finanças. Lembro-me de ter feito um grande esforço...

Carlos Costa e as sardinhas
posted on: 19 November 2014 | author: joarendeiro2011

A liberalidade de € 2, 88 mil milhões a Angola

Penso que podemos considerar Angola como o centro mundial das liberalidades. Um local de tão grande gentileza que umas entidades literalmente oferece grandes quantidades de dinheiro a outras, sem razão aparente que não seja uma infinita gratidão. Já conhecíamos a liberalidade com que José Guilherme acarinhou Ricardo Salgado. Mas isto é verdadeiramente “peanuts” comparada com a liberalidade de € 2, 88 mil...

A liberalidade de € 2, 88 mil milhões a Angola
posted on: 22 October 2014 | author: joarendeiro2011

Carlos Costa demitiu-se

Carlos Costa, Governador do Banco de Portugal, fica hoje a saber que se demitiu numa carta datada a 30 de março de 2015. Termina de fato em março do próximo ano o mandato de Carlos Costa mas o seu destino ficou traçado na trapalhona gestão do caso GES/BES. A sentença quanto a estas trapalhadas já a deu Carlos Costa – lui même – quando afastou sem dó nem piedade Pedro Duarte Neves da liderança da Supervisão...

Carlos Costa demitiu-se
posted on: 02 October 2014 | author: joarendeiro2011

Vítor Bento e o medo cénico

Vítor Bento e a sua equipa demitiram-se do NOVOBANCO como seria inevitável quando o fluxo de comunicação ficou completamente controlado pelos seus inimigos. Em dois meses como Presidente do NOVOBANCO Vítor Bento deu apenas uma desastrosa e curta entrevista na SIC. Basicamente disse que o país tinha que estar grato por ele ter aceitado aquele papel – logo ele que estava feliz onde estava com tempo e dinheiro para...

Vítor Bento e o medo cénico
posted on: 15 September 2014 | author: joarendeiro2011

O (não) reembolso dos clientes de retalho do BES/G...

Como foi publicitado, o BdP e a Administração de Vítor Bento andaram no jogo do empurra a ver quem tomava a decisão final sobre o pagamento do papel comercial do GES – ESI, RIOFORTE, ESFG, que foi comercializado nos balcões do BES aos clientes de retalho (não -qualificados, na linguagem da DMIF). O montante total desta comercialização foi de cerca de € 1,1 mil milhões, excluindo bem entendido o montante...

O (não) reembolso dos clientes de retalho do BES/GES
posted on: 16 August 2014 | author: joarendeiro2011

« Previous Entries