subscribe: Posts | Comments | Email

A reprivatização do BPN

Finalmente parece ter chegado ao fim a reprivatização do BPN. Digo parece, pois ou muito me engano, ou algumas surpresas nos estarão reservadas nos detalhes – “the devil is in the deatails” da negociação do contrato final. A primeira reflexão é porque é que apareceu, de facto, apenas uma proposta. Sim, porque a proposta do Montepio não fazia qualquer sentido estando o banco muito mais a precisar de...

posted on: 01 August 2011 | author: joarendeiro2011

A recapitalização do sistema financeiro espanhol

O secretário Costa Pina veio no fim-de-semana continuar a guerrilha com os bancos ameaçando com aumentos de capital forçados se não fosse a bem. Não me parece que lá vá com palavras mas a demonstração de intenção, por mim, devia ser levada a sério. De facto, Sócrates e Teixeira dos Santos estão a fazer a última coisa que gostariam, a saber antagonizar os bancos. Mas não têm alternativa, os bancos terão...

posted on: 09 March 2011 | author: joarendeiro2011

Os € 3 mil milhões de Costa Pina

A pouco e pouco a necessidade de recapitalização dos bancos portugueses lá vai fazendo o seu caminho mas sempre, na gíria financeira “behind the curve”, ou como quem diz a lutar a batalha de ontem e não a de amanhã. Agora foi a vez do secretário Costa Pina vir lembrar, inocentemente bem entendidos, que estão disponíveis € 3 mil milhões de capital público para serem utilizados. O problema...

posted on: 03 March 2011 | author: joarendeiro2011

Guerra civil nas Finanças

A passada conferência da TSF no Hotel Ritz foi o palco involuntário para um inesperado tiroteio político-financeiro. Bastou que Teixeira dos Santos falasse em aumentos de capital na banca e logo caiu o “Carmo e a Trindade “. Fernando Ulrich falando a seguir ao Ministro logo lhe zurziu dizendo que discordava de tudo o que ele tinha dito. No meio da confusão geral ninguém se lembrou de perguntar em quantos...

posted on: 02 March 2011 | author: joarendeiro2011

A morte assistida de José Sócrates

Marcelo Rebelo de Sousa disse que o Governo Sócrates estava morto. Admito que o Primeiro-Ministro tenha pensado para si mesmo que “… as notícias sobre a minha morte são manifestamente exageradas”. Por mim inclino-me para que a vida política de José Sócrates esteja numa trajectória de “morte assistida”, com Vítor Constâncio como enfermeiro. UM PRESIDENTE QUE NÃO TOLERA ERRO Na carreira política de...

posted on: 16 February 2011 | author: joarendeiro2011

Next Entries »